Hoje, desastres estão ocorrendo com gravidade e frequência cada vez maiores. Esses sinais indicam que os grandes desastres dos últimos dias previstos na Bíblia estão prestes a começar. Como podemos ganhar a proteção de Deus e sobreviver em meio a esses desastres?

25/11/2020
7 minutos a ler

Palavras de Deus relevantes:

Deus criou este mundo, criou esta humanidade e também foi o arquiteto da cultura grega antiga e da civilização humana. Só Deus consola esta humanidade, só Deus Se importa com esta humanidade dia e noite. O desenvolvimento e o progresso humanos são inseparáveis da soberania de Deus, e a história e o futuro da humanidade são indissociáveis dos projetos de Deus. Se você é um verdadeiro cristão, então certamente acreditará que a ascensão e a queda de qualquer país ou nação ocorrem de acordo com os projetos de Deus. Só Deus conhece o destino de um país ou nação e Deus sozinho controla o curso desta humanidade. Se a humanidade deseja ter um bom destino, se um país deseja ter um bom destino, o homem deve curvar-se diante de Deus em adoração, arrepender-se e confessar diante de Deus, caso contrário o destino e o futuro do homem acabarão inevitavelmente em catástrofe.

Reveja o tempo da arca de Noé: a humanidade era profundamente corrupta, tinha se afastado da bênção de Deus, não estava mais sob o cuidado de Deus e tinha perdido Suas promessas. As pessoas viviam na escuridão, sem a luz de Deus. Assim, tornaram-se licenciosas por natureza, abandonando-se a uma depravação repugnante. Tais homens não podiam mais receber a promessa de Deus; eram ineptos para testemunhar o rosto de Deus e ouvir Sua voz, pois haviam abandonado Deus, deixado de lado tudo que Deus lhes concedera, haviam esquecido os ensinamentos de Deus. O coração deles afastava-se cada vez mais de Deus e, na medida em que isso acontecia, entregavam-se a uma depravação que excedia toda a razão e humanidade, tornando-se progressivamente malignos. Dessa forma, aproximaram-se ainda mais da morte e desabaram sob a ira e a punição de Deus. Apenas Noé adorava a Deus e evitava o mal, por isso, foi capaz de ouvir a voz de Deus, de ouvir Suas instruções. Noé construiu a arca seguindo as instruções da palavra de Deus e reuniu todas as espécies de criaturas vivas. E, dessa maneira, estando tudo preparado, Deus fez desabar Sua destruição sobre o mundo. Apenas Noé e os sete membros de sua família sobreviveram à destruição, pois Noé adorava Jeová e evitava o mal.

Olhe agora para a era presente: homens justos como Noé, que adoravam a Deus e evitavam o mal, deixaram de existir. Ainda assim, Deus é gracioso para com a humanidade e a absolve nesta era final. Deus busca aqueles que anseiam por Sua apareça. Deus busca os que são capazes de ouvir Suas palavras, os que não se esqueceram da Sua comissão e que Lhe oferecem seu coração e corpo. Deus busca aqueles que são tão obedientes quanto bebês diante Dele e que não se opõem a Ele. Se nenhuma força estiver impedindo você em sua devoção a Deus, Ele o considerará com aprovação e lhe concederá Suas bênçãos.

Extraído de ‘Deus preside o destino de toda a humanidade’ em “A Palavra manifesta em carne”

A misericórdia e a tolerância de Deus não são raras — o verdadeiro arrependimento do homem, sim

Independentemente do quão bravo Deus havia ficado com os ninivitas, tão logo eles declararam um jejum e usaram panos de saco e cinzas, o Seu coração gradualmente amoleceu e Ele começou a mudar Seu coração. Quando Ele lhes proclamou que destruiria a cidade deles — o momento anterior à confissão e ao arrependimento de pecados por parte deles — Deus ainda estava bravo com eles. Uma vez que eles tinham passado por uma série de atos de arrependimento, a raiva de Deus pelas pessoas de Nínive gradualmente se transformou em misericórdia e tolerância a eles. Não há nada de contraditório na revelação coincidente desses dois aspectos do caráter de Deus no mesmo evento. Como se deve entender e conhecer essa falta de contradição? Deus expressou e revelou essas substâncias completamente opostas de forma sucessiva, enquanto o povo de Nínive se arrependia, permitindo que as pessoas vissem a realidade e a inofendibilidade da substância divina. Deus usou a Sua atitude para dizer às pessoas o seguinte: não é que Deus não tolere as pessoas, nem que Ele não lhes queira mostrar misericórdia; é que elas raramente se arrependem de forma verdadeira perante Deus e é raro que as pessoas se afastem verdadeiramente de seus caminhos maus e abandonem a violência em suas mãos. Em outras palavras, quando Deus fica bravo com o homem, Ele espera que o homem seja capaz de se arrepender verdadeiramente e Ele espera ver o verdadeiro arrependimento do homem, em cujo caso Ele irá então continuar liberalmente a conceder Sua misericórdia e tolerância ao homem. Ou seja, a má conduta do homem incorre na ira de Deus, enquanto a misericórdia e a tolerância são concedidas àqueles que ouvem a Deus e se arrependem verdadeiramente perante Ele, àqueles que conseguem se afastar de seus caminhos maus e abandonar a violência em suas mãos. A atitude de Deus foi muito claramente revelada em Seu tratamento dos ninivitas: a misericórdia e a tolerância de Deus não são de forma alguma difíceis de se obter; Ele requer arrependimento verdadeiro de uma pessoa. Contanto que as pessoas se afastem de seus maus caminhos e abandonem a violência em suas mãos, Deus mudará o Seu coração e mudará a Sua atitude em relação a elas.

Extraído de ‘O Próprio Deus, o Único II’ em “A Palavra manifesta em carne”

Minha misericórdia expressa-se naqueles que Me amam e negam a si mesmos. E a punição que ocorre aos malvados é precisamente prova de Meu caráter justo e, mais ainda, testemunho da Minha ira. Quando o desastre vier, fome e pestes sobrevirão a todos aqueles que a Mim se opõem, e eles prantearão. Aqueles que cometeram toda espécie de perversidade, mas Me seguiram por muitos anos, não escaparão de pagar pelos seus pecados; eles também, ao caírem no desastre do tipo raramente visto ao longo de milhões de anos, passarão a viver num constante estado de pânico e pavor. E aqueles Meus seguidores que se têm mostrado leais somente a Mim hão de se regozijar e aplaudir Meu poder. Eles experimentarão inefável contentamento e viverão numa alegria que nunca antes concedi ao ser humano. Porque Eu prezo as boas ações dos homens e abomino as suas más obras. Desde que comecei a conduzir a humanidade, tenho esperado ardentemente ganhar um grupo de homens da mesma opinião que Eu. Nunca Me esqueci daqueles cuja opinião é diferente da Minha; tenho-os guardado com ódio no Meu coração, esperando apenas a oportunidade de lhes administrar a Minha retribuição, o que Me dará satisfação ver. Hoje, finalmente Meu dia chegou, não preciso esperar mais!

Minha obra final não tem por objetivo apenas punir os homens, mas também arranjar o destino deles. E, mais ainda, o objetivo é receber o reconhecimento de todos por tudo o que fiz. Quero que todos e cada um dos homens vejam que tudo o que fiz é correto e que tudo o que fiz é expressão do Meu caráter; não foi a ação do homem, menos ainda da natureza, que trouxe o ser humano à existência. Ao contrário, sou Eu quem nutre todo ser vivo na criação. Sem a Minha existência, a humanidade só perecerá e sofrerá o flagelo das calamidades. Nenhum ser humano tornará a ver a beleza do sol e da lua nem o mundo verde; a humanidade só há de se deparar com a noite gélida e o vale implacável da sombra da morte. Sou a única salvação da humanidade. Sou a única esperança da humanidade e, mais ainda, sou Aquele sobre quem se baseia a existência de toda a humanidade. Sem Mim, a humanidade imediatamente ficará paralisada. Sem Mim, a humanidade sofrerá uma catástrofe e será espezinhada por toda espécie de espectros, ainda que ninguém atente para Mim. Fiz uma obra que mais ninguém pode fazer e Minha única esperança é que o homem seja capaz de Me retribuir com algumas boas ações. Muito embora bem poucos possam Me retribuir, Eu ainda concluirei a Minha jornada no mundo humano e darei início à próxima etapa da Minha obra reveladora, porque toda a Minha correria de um lado a outro destes muitos anos em meio aos homens tem sido proveitosa e estou muito satisfeito. Não Me importo com o número de homens, mas com suas boas ações. Seja como for, espero que vocês preparem boas ações suficientes para seu próprio destino. Com isso, ficarei satisfeito; se não, nenhum de vocês escapará do desastre que lhes sucede. O desastre tem origem em Mim e, claro, é por Mim orquestrado. Se não conseguirem parecer bons aos Meus olhos, não escaparão de sofrer o desastre.

Extraído de ‘Prepare boas ações suficientes para o seu destino’ em “A Palavra manifesta em carne”

Todas as formas de desastres acontecerão, uma após outra; todas as nações e todos os lugares experimentarão calamidades: pragas, fome, inundações, seca e terremotos estão por toda parte. Esses desastres não estão acontecendo em um ou dois lugares apenas, nem acabarão em um ou dois dias; mas, em vez disso, se expandirão por uma área cada vez maior e se tornarão cada vez mais severos. Durante esse tempo, pragas de todo tipo de inseto surgirão, uma após outra, e o fenômeno do canibalismo ocorrerá em todo lugar. Esse é o Meu julgamento sobre todas as nações e todos os povos. Meus filhos! Vocês não precisam sofrer a dor ou a privação dos desastres. É Meu desejo que vocês logo amadureçam e, tão rápido quanto possível, assumam o fardo que recai sobre Meus ombros. Por que não entendem a Minha vontade? A obra adiante se tornará cada vez mais extenuante. Vocês estão com o coração tão duro que Me deixam de mãos cheias, tendo de operar tão arduamente na Minha obra sozinho? Colocarei isso mais claramente: aqueles cuja vida amadurecer entrarão em refúgio e não sofrerão dor nem privação; aqueles cuja vida não amadurecer precisam sofrer dores e danos. Minhas palavras são bem claras, não são?

Extraído de ‘Capítulo 65’ das Declarações de Cristo no princípio em “A Palavra manifesta em carne”

No futuro, grandes provações poderão afligir você — mas hoje, se você amar a Deus com um coração verdadeiro e não se importar com o tamanho das provações à frente, independentemente do que acontecer com você, você conseguirá permanecer firme em seu testemunho, conseguirá satisfazer a Deus; seu coração será consolado e você não terá medo, não importa quão grande seja a provação que encontrar no futuro. Vocês não conseguem ver o que acontecerá no futuro; vocês só podem satisfazer a Deus nas circunstâncias de hoje. Vocês são incapazes de fazer qualquer grande trabalho e devem se concentrar em satisfazer a Deus experimentando Suas palavras na vida real e dando um testemunho forte e retumbante que envergonhe a Satanás. Embora sua carne permaneça insatisfeita e tenha sofrido, você terá satisfeito a Deus e envergonhado a Satanás. Se você sempre praticar dessa maneira, Deus abrirá uma senda diante de você. Quando, um dia, uma grande provação vier, outros cairão, mas você ainda conseguirá se manter firme: por causa do preço que pagou, Deus o protegerá para que você permaneça firme e não caia. Se, geralmente, você consegue praticar a verdade e satisfazer a Deus com um coração que verdadeiramente O ama, então Deus certamente o protegerá durante as provações futuras. Embora você seja tolo, de baixa estatura e de calibre pequeno, Deus não o discriminará. Depende se suas intenções estão certas. Hoje, você consegue satisfazer a Deus: está atento ao mais ínfimo detalhe, satisfaz a Deus em todas as coisas, tem um coração que ama verdadeiramente a Deus, dá seu verdadeiro coração a Deus e, embora haja algumas coisas que você não consegue entender, vem diante de Deus para retificar suas intenções e buscar a vontade de Deus e faz tudo o que é necessário para satisfazer a Deus. Talvez seus irmãos e irmãs abandonarão você, mas seu coração estará satisfazendo a Deus e você não cobiçará os prazeres da carne. Se você sempre praticar dessa maneira, estará protegido quando grandes provações vierem.

A que estado interno nas pessoas essas provações visam? Elas visam ao caráter rebelde nas pessoas que é incapaz de satisfazer a Deus. Há muita coisa que é impura dentro das pessoas e muito disso é hipócrita, por isso, Deus sujeita as pessoas a provações a fim de purificá-las. Mas se hoje você conseguir satisfazer a Deus, então, as provações do futuro serão o seu aperfeiçoamento. Se hoje você for incapaz de satisfazer a Deus, então, as provações do futuro tentarão e, inconscientemente, você cairá, e naquele momento não conseguirá se ajudar, pois você não pode acompanhar a obra de Deus e não possui uma estatura real. E assim, se você deseja conseguir permanecer firme no futuro, satisfazer melhor a Deus e O seguir até o fim, você deve construir hoje uma base sólida. Você deve satisfazer a Deus colocando a verdade em prática em todas as coisas e estar atento à Sua vontade. Se você sempre praticar dessa maneira, haverá um alicerce dentro de você, e Deus inspirará em você um coração que O ama e lhe dará fé. Um dia, quando uma provação realmente acometer você, você poderá sofrer alguma dor, se sentirá magoado até certo ponto e sofrerá uma tristeza esmagadora, como se tivesse morrido — mas seu amor a Deus não mudará e se tornará mais profundo. Tais são as bênçãos de Deus. Se você conseguir aceitar tudo o que Deus diz e faz hoje com um coração obediente, certamente você será abençoado por Deus, e assim você se tornará alguém que é abençoado por Deus e recebe a Sua promessa. Se, hoje, você não praticar, quando as provações o acometerem algum dia, você não terá fé nem um coração amoroso, e nesse momento a provação se tornará tentação; você será lançado em meio à tentação de Satanás e não terá meios de escapar. Hoje, você pode conseguir se manter firme quando uma pequena provação acomete você, mas você não será necessariamente capaz de se manter firme quando uma grande provação acometer você um dia. Algumas pessoas são presunçosas e acham que já estão quase perfeitas. Se você não se aprofundar nesses momentos e permanecer complacente, estará em perigo. Hoje, Deus não faz a obra de provações maiores e tudo parece estar bem, mas quando Deus provar você, você descobrirá que é desprovido demais, pois sua estatura é pequena demais e você é incapaz de suportar grandes provações. Se você permanecer como está e estiver num estado de inércia, então, quando as provações vierem, você cairá. Vocês devem frequentemente observar quão pequena é a estatura de vocês; só assim progredirão. Se é apenas durante as provações que você nota que sua estatura é tão pequena, que sua força de vontade é tão fraca, que bem pouco dentro de você é real e que você é inadequado para a vontade de Deus — se é só nesse momento que você percebe essas coisas, será tarde demais.

Extraído de ‘Apenas amando a Deus é que verdadeiramente se crê em Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Aqueles que forem capazes de permanecer firmes durante a obra de julgamento e castigo por Deus ao longo dos últimos dias — quer dizer, durante a obra final de purificação — serão aqueles que entrarão no estado final de descanso junto com Deus. Portanto, os que entrarão no descanso terão, todos eles, se libertado da influência de Satanás e terão sido obtidos por Deus apenas depois de terem sido submetidos à Sua obra final de purificação. Essas pessoas que terão sido finalmente obtidas por Deus entrarão no descanso final. A essência da obra divina de castigo e julgamento é a purificação da humanidade e se destina ao dia do descanso final. Caso contrário, a humanidade como um todo não será capaz de seguir seus próprios semelhantes nem de entrar no descanso. Esta obra é o único caminho da humanidade para entrar no descanso. Somente a obra de depuração feita por Deus purificará a humanidade de sua iniquidade, e somente Sua obra de castigo e julgamento trará para a luz aquelas coisas desobedientes em meio à humanidade, separando, dessa maneira, os que podem ser salvos dos que não podem ser salvos, os que permanecerão dos que não permanecerão. Quando findar Sua obra, aquelas pessoas que tiverem permissão para permanecer serão todas purificadas e entrarão em um estado de humanidade mais elevado no qual desfrutarão de uma segunda vida humana mais maravilhosa sobre a terra. Em outras palavras, entrarão no dia do descanso da humanidade e viverão junto com Deus. Depois que aqueles que não podem permanecer tiverem recebido castigo e julgamento, sua forma original será plenamente revelada; em seguida, serão todos destruídos e, como Satanás, não terão mais permissão para sobreviver na terra. A humanidade do futuro não mais conterá ninguém desse tipo; essas pessoas não são aptas a entrar na terra do derradeiro descanso, nem são aptas a entrar no dia do descanso que Deus e o homem compartilharão, pois elas são o alvo da punição e são os perversos, não são os justos. Já foram redimidas uma vez, e também já foram julgadas e castigadas. Já prestaram serviço a Deus, mas, quando vier o dia final, ainda assim serão eliminadas e destruídas por causa de sua própria maldade e por causa de sua desobediência e impossibilidade de redenção. Elas não mais existirão no mundo do futuro e não mais existirão no seio da raça humana do futuro. […] Sua obra final de punir o mal e recompensar o bem é inteiramente realizada a fim de purificar completamente toda a humanidade, de tal modo que Ele possa levar uma humanidade inteiramente santa ao estado de descanso eterno. Esta etapa de Sua obra é a mais crucial de todas. É o último estágio de toda a Sua obra de gestão. Se Deus não destruiu os maus, mas, em vez disso, permitiu que permanecessem, então a humanidade como um todo ainda é incapaz de entrar no descanso, e Deus não seria capaz de levar toda a humanidade para uma dimensão melhor. Este tipo de obra não estaria completamente concluído. Quando Ele terminar Sua obra, a humanidade inteira será completamente santa. Somente assim é que Deus pode viver em paz e em descanso.

Extraído de ‘Deus e o homem entrarão em descanso juntos’ em “A Palavra manifesta em carne”

Perguntas e Respostas sobre a Grande Tribulação
Enfrentando todos os tipos de dificuldades e pressões na vida, como devemos confiar em Deus para obter fé e força de Deus? Clique para se juntar ao nosso grupo de reunião para encontrar o caminho.

Inscreva-se gratuitamente

Inscreva-se para receber o tema do evangelho da semana