Sobre a volta do Senhor Jesus - Como devemos tratá-lo?

20/02/2020
7 minutos a ler

Sobre a volta do Senhor Jesus - Como devemos tratá-lo?

Quando se trata do nome Messias, você naturalmente o associará ao Senhor Jesus Cristo. Depois que os fariseus daquela época ouviram as profecias da vinda do Messias, empregaram suas imaginações pródigas com base no significado literal das profecias. Nas mentes deles, como as profecias diziam que o Messias viria para governar, então Ele deveria ter uma conduta heroica e uma presença imponente, Ele deveria ser extraordinário e diferente dos outros e, além disso, Ele deveria nascer em um palácio real e, depois de crescer, seria corajoso como Davi nas batalhas para que Ele conduzisse Seu povo em afastar os romanos de Israel e encerrar seus sofrimentos por serem regidos pelos romanos.

Entretanto, quando o Senhor Jesus veio, não foi chamado de Messias, nem nasceu em um palácio como eles imaginavam. Em vez disso, Ele nasceu em uma manjedoura e viveu na casa bem comum de um carpinteiro. Sua aparência externa não era majestosa e extraordinária como os fariseus haviam imaginado, mas era bem comum e normal. Ele não conduziu os israelitas a derrubar o governo dos romanos, mas caminhou entre as pessoas, pregando o caminho do arrependimento e ensinando-as a praticar o perdão e a tolerância, e amar aos outros como a si mesmos. Quando esse Messias comum e prático apareceu entre os israelitas e não era compatível com as concepções e imaginações dos fariseus, não puderam aceitá-Lo, mas se apegaram teimosamente a suas próprias noções e imaginações, e não buscaram ouvir a voz de Deus com coração humilde. Como resultado, baseados na desculpa de que o Senhor Jesus disse que Ele era o Filho de Deus, eles O pregaram à cruz, cometendo um pecado monstruoso, ofendendo o caráter justo de Deus e ficaram sujeitos à punição de Deus – a destruição de Israel.

Algumas pessoas reagiram de forma exatamente oposta. Eles já tinham sido cheios de fantasias sobre o Messias vindouro, mas quando o Senhor Jesus veio para executar Sua obra, reconheceram que Ele era o Messias vindouro através das palavras e obras do Senhor Jesus, mesmo que Sua aparência não se conformasse a seus conceitos e imaginações. Por exemplo: A mulher samaritana reconheceu que o Senhor Jesus era o Messias quando Ele falou do segredo dela, pois ela sabia que apenas Deus observa as profundidades do coração humano. Natanael reconheceu que Ele era o Messias depois que o Senhor Jesus falou sobre o que ele havia feito sob a figueira. Além disso, Pedro, João e outros discípulos foram capazes de colocar de lado suas próprias imaginações, e buscaram e investigaram de forma prática a obra e as palavras do Senhor Jesus, através das quais eles reconheceram a voz de Deus e confirmaram que o Senhor Jesus era o Messias. Assim é como eles seguiram ao Senhor Jesus e receberam Sua salvação e bênçãos no fim.

Agora, nos últimos dias, estamos aguardando a volta do Senhor Jesus assim como os israelitas daquela época aguardavam pelo Messias. A Bíblia profetiza: “Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo” (Apocalipse 3:20). “Ainda tenho muito que vos dizer; mas vós não o podeis suportar agora. Quando vier, porém, aquele, o Espírito da verdade, ele vos guiará a toda a verdade; porque não falará por si mesmo, mas dirá o que tiver ouvido, e vos anunciará as coisas vindouras” (João 16:12-13). No livro do Apocalipse, também há várias menções de que “Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas” (Apocalipse 2-3). E “Porque já é tempo que comece o julgamento pela casa de Deus” (1 Pedro 4:17). “Quem me rejeita, e não recebe as minhas palavras, já tem quem o julgue; a palavra que tenho pregado, essa o julgará no último dia” (João 12:48). A partir dessas profecias, podemos ver claramente que, quando o Senhor Jesus retornar, Ele falará e proferirá Suas palavras. As ovelhas de Deus podem ouvir à Sua voz. Quando elas ouvirem a voz de Deus, sairão para saudá-Lo e, assim, poderão vir diante de Deus. Agora, as profecias sobre a volta do Senhor Jesus já foram basicamente cumpridas e muitas pessoas estão abertamente testificando on-line que o Senhor Jesus retornou e fez uma etapa da obra de julgamento, castigo e purificação das pessoas. Diante disso tudo, como devemos tratar as profecias sobre a volta do Senhor Jesus? Que atitude devemos ter com relação a saudar Sua volta nos últimos dias para evitar caminhar na senda de falha dos fariseus?

Por Liu Fang


Recomendado para Você:

1-O Senhor Jesus já voltou e 5 profecias foram cumpridas

2-3 maneiras eficazes de dar as boas-vindas à volta de Jesus Cristo

3-Como devemos confirmar que Deus Todo-Poderoso é de fato o Senhor Jesus que voltou?

Veja Também:

Filme evangélico “Que bela voz” Trecho 2 – Como ter certeza de que o Senhor Jesus já retornou?

Desde que as igrejas começaram a sofrer de desolação, muitos irmãos e irmãs sentiram falta a obra do Espírito Santo e a presença do Senhor e todos esperam o retorno do Senhor. Mas, ao ouvir a notícia de que o Senhor já retornou, como podemos ter certeza?

Agora são os últimos dias. Os desastres ocorrem com frequência e tornam-se cada vez maiores. Estes são os avisos e lembretes de Deus para a humanidade. Se você tiver quaisquer outras dúvidas ou quer saber mais sobre a volta do Senhor Jesus, como acolher o Senhor para ser arrebatado antes dos desastres, etc., sinta-se livre para clicar no botão a seguir para entrar em contato conosco. Se você quiser, pode se juntar ao nosso grupo de estudo.