Crônicas da perseguição religiosa na China "A hora sombria antes do amanhecer"

7854 28/01/2020

Desde que chegou ao poder na China, em 1949, o Partido Comunista Chinês tem sido implacável em sua perseguição à fé religiosa. Ele já prendeu e assassinou vorazmente cristãos, expulsou e maltratou missionários que operavam na China, confiscou e destruiu inúmeras cópias da Bíblia, lacrou e demoliu igrejas e tentou erradicar todas as igrejas domésticas. Este documentário descreve a experiência real de uma cristã chinesa, Yang Huizhi, presa pelo governo do Partido Comunista Chinês, torturada e morta por maus-tratos por causa de sua crença em Deus. Depois que morreu, o governo do Partido alegou falsamente que sua morte havia sido resultado de um ataque cardíaco. Sua família queria buscar justiça, mas acabou, por medo, ficando quieta, por causa das ameaças do Partido Comunista Chinês.