Conflitos entre pais e filhos resolvidos: Deus salvou a família

Zixuan e seu padrasto sempre brigavam, e por este motivo causou o divorcio entre a sua mãe e seu padastro. Mas sob a liderança da palavra de Deus, ela finalmente se reconciliou com o seu padrasto, e eles finalmente se livraram das brigas em família.

A infância sombria

Na infância de Zixuan, ela não teve a companhia de seus pais, nem conheceu o gosto dos bolos falados pelas crianças que moravam na cidade, nem viu o peixe dourado soprar bolhas no aquário. Toda noite ela ouvia seu avô contar a história de Bai Yutang, apelidado de “Rato Elegante”, um cavaleiro andante fictício do romance chinês “Os sete heróis e os cinco senhores”, em vez dos conto de fadas verdes. A deserção de seu pai e o novo casamento de sua mãe a fizeram basear-se em sua infância e até tornaram-se uma sombra persistente em sua vida. Em especial, quando viu seus colegas terem o cuidado e a companhia de seus próprios pais, ela sentiria uma onda de tristeza.

No milênio, Zixuan foi levada para morar com sua mãe na cidade. No entanto, ela achou que seu padrasto era, afinal, ao contrário de seu próprio pai, pois não eram parentes de sangue. Influenciada por esse ponto de vista, ela não conseguia aceitá-lo e, além disso, era hostil à sua família. Ao longo destes anos, os conflitos surgiram incessantemente em sua família por causa dela e tornaram-se cada vez mais intensos. Toda a sua família vivia em sofrimento.

Leia mais:
1-Casamento feliz: Deus salvou o casamento dela
2-Dicas para um casamento feliz: Como conquistei um casamento feliz
3-O Amor de Deus a ajudou a encontrar a verdadeira felicidade após o fim de um casamento

O abismo intransponível

Desde que sua mãe casou-se de novo, Zixuan manteve uma grande distância de seu padrasto. As pessoas costumam dizer: “Sangue é mais espesso do que a água” e somente o afeto construído sobre a relação de sangue é o verdadeiro pai e a filha no mundo. Zixuan acreditava firmemente neste dito. Embora seu padrasto fosse bom para ela, Zixuan achava que ele não era, afinal de contas, seu próprio pai. Por isso, tomou a bondade de seu padrasto para si como uma imagem falsa, pensando que ele intencionalmente fazia isto na frente de sua mãe. Sem saber, houve muitos conflitos entre eles. As causas de algumas disputas não eram dignas mencionar, mas uma vez que estas disputas acontecessem entre eles, tornaria um conflito contra a consciência e a razão.

Uma vez, quando discutiram se o cogumelo deveria ser escaldado ou não, ativeram-se às suas respectivas opiniões. Finalmente, brigaram e não se falaram por quinze dias. A mãe de Zixuan, presa entre o marido e a filha, estava em um dilema, sem saber de que lado deveria ficar. Assim, apenas escolheu manter uma postura neutra, repartindo a culpa e dando uma boa bronca em ambos. Em seguida, tomou a regra “respeite o velho e ame o jovem” para discipliná-los. Restrita por essa regra, Zixuan e seu padrasto “davam-se bem” um com o outro na frente de sua mãe. Mas sempre que a ela não estava em casa, eles ainda brigariam. Zixuan sempre começava a briga. Por ser mais jovem, ela seria naturalmente repreendida. Isto a fez sentir-se mais infeliz e ainda que seu padrasto sempre seria um padrasto, que não tinha laços de parentesco com ela e que se fosse seu pai biológico, ele nunca a trataria assim. A relação entre eles parecia ser um abismo que nunca poderia ser ultrapassado.

O relacionamento deles quase chegou ao fim

No entanto, algo que eles não puderam tolerar aconteceu. Foi o ano mais doloroso para toda a sua família. Por causa das crescentes disputas familiares, sua família estava à beira de desmoronar. Tudo isto foi causado pelo fato de a janela deveria ficar aberta ou não.

O solstício de inverno chegou e a temperatura caiu. Por estar frio, a sinusite do padrasto de Zixuan retornou. Enquanto estivesse quente em sua casa, ele não conseguia aguentar. Então teve que abrir todas as janelas da varanda para arejar o cômodo. No entanto, Zixuan pensou: Pagamos os custos de aquecimento, mas as janelas estão bem abertas, como uma área aberta. Não está desperdiçando dinheiro? Além disso, ela estava com medo do frio por causa de sua deficiência no sangue, assim, insistiu em não abrir as janelas. Como resultado, eles ficaram em pé de igualdade. Zixuan achava que o padrasto não era seu pai biológico, logo ele não a amava. No entanto, o padrasto pensava que ele havia criado Zixuan por mais de dez anos, investido tanto esforço por ela, mas ela não demonstrava nenhuma consideração por ele. A mãe de Zixuan chegou ao fim de sua tolerância e de fato não aguentou. Assim, ela os repreendeu: “É assim que vocês me consideram? Ao longo destes anos, vocês nunca pensaram no meu sentimento. Vocês conhecem a minha situação? Estive presa entre vocês dois por dezoito anos…” O padrasto de Zixuan também não pôde suportar isto e deu entrada no divórcio. Zixuan sentiu que não queria mais viver este tipo de vida, então disse com raiva ao padrasto: “Tudo bem! Seguimos caminhos separados. Eu cresci. Posso apoiar a minha mãe. Toda a propriedade é sua e não aceitarei nem um centavo. Você me criou, e eu pagarei os seus custos no futuro.” Vendo essa cena, sua mãe sentiu-se impotente e só conseguia derramar lágrimas na sala de jantar. Aquele inverno foi de fato um inverno amargo para os três.

Zixuan ficou muito angustiada e atormentada. Não podia aceitar o seu padrasto, mas ainda não sabia o que fazer. Ela só podia clamar ao céu em silêncio todos os dias: “Oh, céus! O que devo fazer?”

Deus a salvou

Família cristã

No sofrimento, a salvação de Deus caiu sobre Zixuan e mudou o destino de toda a sua família. Zixuan viu as palavras de Deus dizer: “Não se pode dizer quem são os pais e parentes, em que tipo de ambiente se cresce; os relacionamentos com as pessoas, os eventos e as coisas nos arredores da pessoa, e como eles influenciam seu desenvolvimento, estão todos além do controle da pessoa. Então, quem decide essas coisas? Quem as arranja? Uma vez que as pessoas não têm escolha na questão, uma vez que elas não podem decidir essas coisas por si mesmas e uma vez que obviamente não tomam forma naturalmente, é desnecessário dizer que a formação de tudo isso está nas mãos do Criador. Assim como o Criador arranja as circunstâncias particulares do nascimento de cada pessoa, Ele também arranja as circunstâncias específicas sob as quais ela cresce, óbvio. Se o nascimento de alguém trouxer mudanças para pessoas, eventos e coisas que o cercam, o crescimento e o desenvolvimento dessa pessoa necessariamente irão afetá-los também. Por exemplo, algumas pessoas nascem em famílias pobres, mas crescem rodeadas de riqueza; outras nascem em famílias abastadas, mas causam o declínio da fortuna das famílias, de modo que crescem em ambientes pobres. Nenhum nascimento é governado por uma regra fixa e ninguém cresce sob um conjunto de circunstâncias inevitável e fixo. Essas não são coisas que alguém possa imaginar ou controlar; elas são os produtos da sina da pessoa e são determinadas pela sina da pessoa. O ponto principal é que, claro, elas são predestinadas para a sina da pessoa pelo Criador, são determinadas pela soberania do Criador sobre a sina dessa pessoa e por Seus planos para a sina dessa pessoa.”

As palavras de Deus esclareceram Zixuan, e ela percebeu: A família na qual todos nascem, as circunstâncias em que crescem, quem seus pais são, e assim por diante, tudo vêm da soberania e predestinação do Criador e não são decididos por seus pais ou a sua própria escolha. Zixuan pensou: “Nasci em uma família pobre e morei com meus avós desde a minha infância. Depois, minha mãe casou-se novamente e construiu uma família com meu padrasto. Estes ambientes e circunstâncias nos quais cresci foram todos ordenados e arranjados pelo Criador. Mas durante todos estes anos, fiquei insatisfeita com minha família e reclamei que tinha um destino terrível. Acredito que não é uma família completa se eu não tiver a companhia do meu pai biológico, então criei barreiras com meu padrasto e briguei com ele, vivendo em dor o tempo todo. Isso não é porque estou descontente com a soberania e a predestinação do Criador?” Mas ela não conseguia entender o que realmente a deixava insatisfeita com a predestinação do Criador.

À noite, Zixuan sentou-se em frente a sua mesa e continuou a procurar respostas no livro da palavra de Deus. Leu as palavras de Deus dizendo: “Nascido numa terra tão imunda, o homem vem sendo gravemente empesteado pela sociedade, influenciado pela ética feudal e instruído nos “institutos da mais elevada aprendizagem”. O pensamento subdesenvolvido, a moralidade corrupta, a visão mesquinha da vida, a filosofia desprezível, uma existência absolutamente sem valor, estilo de vida e costumes depravados, todas essas coisas foram severamente introduzidas no coração do homem e atacaram e comprometeram severamente a sua consciência. Como consequência, o homem está cada vez mais distante de Deus e cada vez mais se opõe a Ele.” “Mas quando você sabe verdadeiramente, quando verdadeiramente chega a reconhecer que Deus tem soberania sobre a sina humana, quando verdadeiramente entende que tudo que Deus planejou e decidiu para você é um grande benefício e uma grande proteção, então você sente sua dor aliviar gradativamente e seu ser inteiro se torna relaxado, livre, liberto.”

De repente, Zixuan viu a luz. Ela entendeu que a razão pela qual não pôde se dar bem com seu padrasto por tantos anos foi por ter sido afetada pelo pensamento tradicional de Satanás de que“sangue é mais espesso do que a água”. Ela acreditava erroneamente que apenas as pessoas que eram relacionadas com sangue eram seus parentes verdadeiros. Portanto, pensava que seu padrasto sempre seria um padrasto e que ele não poderia comparar-se ao seu pai biológico. Não importava o quão gentil ele fosse com ela, ela achava que aquilo era uma fachada e não poderia acreditar que o que seu padrasto fazia fosse pela sua sinceridade. Assim, por mais de dez anos, não pôde aceitá-lo e compreendê-lo. Apesar de gostar de seu carinho, não sabia ser grata e muitas vezes disputava com ele algumas bobagens. No final, trouxe danos ao seu padrasto e grande tristeza para sua mãe. Ela mesma também foi muito atormentada. Zixuan lembrou-se de que seu pai biológico era viciado em jogos de azar e não se importava com ela. Seus avós eram idosos demais para apoiá-la. Embora ela e seu padrasto não fossem parentes de sangue, ele estava disposto a arcar com a responsabilidade de apoiá-la – fornecendo-lhe comida, roupas e educação. Pensando nisto, sentiu que os arranjos do Criador para ela eram os melhores, para que pudesse viver com conforto na casa de seu padrasto. Mas ela foi cegada pelos venenos de que “sangue é mais espesso do que a água” e “família sem parentesco no sangue não é completa”, o que distorceu sua atitude em relação à sua família. Então, não podia aceitar seu padrasto, nem se integrou nesta família mista. Naquele momento, Zixuan sentiu um gosto amargo na boca. Pensando em como fora ingrata com ele por seu cuidado e amor, e que não demonstrara gratidão ao amor do Criador, ela sentiu falta de consciência e racionalidade.

Depois de entender isto, o coração de Zixuan finalmente foi iluminado. Seus anos de tristeza foram dissipados. Ela fez uma oração a Deus: “Ó Deus! Teus arranjos para mim são os melhores. Mas fui enganada por Satanás e obrigada por sua visão de que “sangue é mais espesso do que a água”, reclamando do meu destino e não aceitando e obedecendo os Teus arranjos. Nestes anos, causei grande dano e dor ao meu padrasto e a minha mãe. Deus, disponho-me a deixar de lado minhas perspectivas, obedecer à Tua soberania e aos Teus arranjos para o meu destino. Recuperes a minha razão e consciência e faças-me viver de acordo com as Tuas palavras nesta família. Amém!”

Um novo começo

A partir de então, Zixuan começou a cuidar de sua família e parentes organizados pelo Criador. Sob a rega das palavras de Deus, ela parecia crescer e tornar-se sensível. Ela não tratava mais o seu padrasto como um estranho, mas o amava como sendo de sua família. Ela também aprendeu a ser atenciosa com seu padrasto e com sua mãe, e fez o que pôde ao máximo. Zixuan cozinhava voluntariamente três refeições por dia e, no mínimo, assegurava-se que seu padrasto e sua mãe pudessem fazer as refeições assim que chegassem em casa. Quando o sol brilhou, ela arejou a colcha de seu padrasto. Quando ele expressou suas perspectivas, ela não resistiu, mas aprendeu a respeitá-lo. Aos poucos, ela descobriu que todos os detalhes de sua família pré-ordenados por Deus estavam fora do Seu amor.

Foi um dia escaldante. Seu padrasto comprou os melões importados favoritos de Zixuan para ela à distância. Quando retornou, ele estava todo suado e com o rosto bronzeado. Ele disse à mãe de Zixuan em segredo: “Não é fácil comprar o melão. É especialmente para a nossa filha. É melhor você comer menos.” Às vezes, Zixuan ficava acordada, lendo livros, até as duas da manhã, então seu padrasto comprou um abajour brilhante para que pudesse usá-lo com comodidade. Ele tinha estes comportamentos em momentos comuns, mas naquela época Zixuan os menosprezava. Quando ela mudou suas perspectivas e teceu um novo olhar sobre estas coisas, foi levada às lágrimas. Não antes disso, ela viu que esta família organizada pelo Criador tinha o calor do amor. Contudo, sempre reclamava e não sentia tudo isto. Pensando nisso,  ela agradecidamente ofereceu gratidão e louvor atrasados ao Criador.

Mais tarde, quando seu padrasto comprou legumes no mercado, Zixuan geralmente o ajudava. Quando alguns conhecidos viram isto, admiraram seu padrasto e consideraram que ele era bom em educá-la. Seu padrasto costumava falar bem dela na frente de sua mãe, dizendo que ela havia crescido e se tornado sensível e atenciosa. O sorriso há muito perdido apareceu no rosto de sua mãe. Zixuan eventualmente saiu de anos de sofrimento, vivendo em alegria e paz.

A partir de então, as palavras de Deus tornaram-se os princípios de suas interações entre si e, mais ainda, tornaram-se os padrões de suas ações. As disputas anteriores foram substituídas pela verdade e as queixas pela tolerância. Embora não haja laços de sangue entre Zixuan e seu padrasto, eles estavam mais próximos do que pai e filha. O cuidado e a tolerância que demonstravam um ao outro transcendiam a afeição e a relação de sangue. Foram as palavras de Deus que mudaram tudo isto e os ajudaram a reparar o relacionamento familiar fraturado.

Por Xia Zixuan

Comentários