Deus me proteja: a experiência de cura de uma cristã de treze anos de idade

Deus age, Deus cuida de uma pessoa, olha para uma pessoa, e Satanás segue cada um de Seus passos. A quem quer que Deus favoreça, Satanás também observa, seguindo atrás dele. Se Deus quer essa pessoa, Satanás faria tudo em…

Por Yin Ling, Birmânia

Eu sou uma cristã de treze anos de idade. Desde pequena, eu segui meus pais na fé no Senhor. Naquela época, eu ia à igreja toda semana para cantar hinos para louvar ao Senhor. Em fevereiro de 2018, minha mãe aceitou a obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias e pregou o evangelho à minha família. Então eu também comecei a participar de reuniões na Igreja de Deus Todo-Poderoso.

Um dia, em junho, tive uma doença repentina que causou febre. Quatro dias depois, minha mãe me levou a um grande hospital e eu fui diagnosticada com dengue. Após quatro dias de hospitalização, recuperei-me da minha doença. No entanto, em 3 de julho, tive uma recaída. No começo, eu tinha febre e tosse, então minha mãe me levou a uma clínica para tomar injeções. No entanto, depois de tomar injeções por quatro dias, além de não me recuperar, minha doença piorou. Finalmente, minha mãe me levou ao grande hospital novamente. Eu pensava que iria me recuperar depois de vários dias como da última vez. Mas, inesperadamente, no primeiro dia minha temperatura chegou a 42ºC e minha tosse ficou cada vez pior. Externamente, meu corpo estava ardendo ao toque e minha mãe não ficava confortável perto de mim. Mas eu sentia muito frio e minhas mãos e meus pés estava gelados. Além disso, eu tremia toda. Eu estava com uma febre constante e tosse, e, às vezes, eu não conseguia evitar as lágrimas de tristeza.

Quando o médico viu que minha condição não melhorava e estava ficando mais séria, ele realizou um exame de sangue e tirou um raio-x. Por fim, ele disse que eu tinha uma inflamação nos pulmões e que eu estava muito mal. Quando meus pais receberam o diagnóstico, ficaram muito ansiosos e decidiram me transferir para um hospital na Tailândia. Eu pensei: “Será que minha doença será curada rapidamente após a transferência para um hospital de lá? Mas se não, o que vai acontecer?”Eu estava realmente com medo. Naquela época, minha mãe leu algumas das palavras de Deus para mim: “Deus Todo-Poderoso, o Cabeça de todas as coisas, exerce Seu poder real do Seu trono. Ele governa o universo e todas as coisas e Ele está nos guiando por toda a terra.[…] Quando acontece uma doença é devido ao amor de Deus e Suas boas intenções certamente estão por trás disso. Mesmo quando seu corpo passa por sofrimentos, não aceite ideias de Satanás. Louve Deus em meio à enfermidade e desfrute de Deus em meio ao seu louvor. Não desanime diante da enfermidade, continue buscando e nunca desista, e Deus fará brilhar Sua luz em você. Quão fiel foi Jó? Deus Todo-Poderoso é um médico onipotente! Habitar a enfermidade é estar doente, mas habitar o espírito é estar bem. Se você tiver somente um sopro de vida, Deus não o deixará morrer”.

Depois de ler as palavras de Deus, minha mãe comungou isto: “Deus é todo-poderoso. Tudo está em Suas mãos e nossas vidas, mortes, bênçãos e desgraças estão todos ao Seu alcance. Portanto, nossa vida e nossa morte não dependem de nós, nem tampouco dos médicos ou da ciência. Nossa doença está nas mãos de Deus. Sem a Sua permissão, mesmo que estejamos à beira da morte, não vamos morrer. A boa intenção de Deus em qualquer doença é aperfeiçoar nossa fé. Precisamos aprender a confiar em Deus e não ficar sempre preocupados e com medo. Porque pensamentos temerosos são ideias enviadas por Satanás, e ele quer nos fazer perder nossa fé em Deus.”Através das palavras de Deus, da comunhão e do encorajamento de minha mãe, embora algumas vezes ainda me sentisse triste, eu não estava mais tão assustada. Porque eu sabia que Deus estava do meu lado.

Mais tarde, fui internada em um hospital na Tailândia. O médico de lá era mais consciente e responsável, e as enfermeiras vinham ver como eu estava a cada duas horas. Eu pensei: “Isso significa que minha doença será curada em breve? Se for assim, voltarei a tempo de fazer o exame final.”Depois, três vezes por dia, as enfermeiras me davam líquidos para hidratação e me pediam para tomar remédio.

No entanto, não melhorei depois de três dias. Minha febre continuava o dia todo e a tosse era frequente. Enquanto tossia, também tive uma hemorragia nasal. Depois que o médico checou minha condição novamente, ele disse à minha mãe: “Se sua filha estivesse só com dengue, a febre deveria diminuir após três dias de tratamento. Mas a dela não melhorou nada. É um caso raro.”Com isso, minha mãe disse:“Por favor, tente o seu melhor e faça o que puder. Doutor, por favor, se a febre continuar, tenho medo de que isso prejudique o cérebro e os órgãos internos dela.”Então o médico me examinou ainda mais e disse que eu poderia estar com tuberculose.

Ouvindo isso, pensei: “Eu devo ter contraído tuberculose. Afinal, por que ainda não me recuperei depois de tanto tempo hospitalizada?”Pensando que eu poderia ter adquirido tal doença tão jovem, fiquei ainda mais triste e chateada e chorei bem alto. Eu pensei: “Por que Deus não está me protegendo? Por que Ele permitiu que eu tivesse uma doença assim?” Depois de chorar, perguntei à minha mãe:“Mãe, se eu realmente tiver tuberculose, vou morrer?”Ela respondeu:“Você não vai morrer. Temos fé em Deus Todo-Poderoso e Ele controla todos os aspectos de nossas vidas. Então, devemos apenas entregar tudo a Deus.”Ouvindo o que ela disse, meu medo diminuiu um pouco.

Então, minha mãe leu para mim uma passagem das palavras de Deus: “Deus age, Deus cuida de uma pessoa, olha para uma pessoa, e Satanás segue cada um de Seus passos. A quem quer que Deus favoreça, Satanás também observa, seguindo atrás dele. Se Deus quer essa pessoa, Satanás faria tudo em seu poder para obstruir Deus, usando vários artifícios malignos para tentar, assediar e destruir a obra que Deus faz com intuito de atingir seu objetivo oculto. Qual é seu objetivo? Ele não quer que Deus tenha ninguém; ele quer a todos que Deus quer, para ocupá-los, controlá-los, para comandá-los para que eles o adorem, para que cometam atos malignos junto com ele. Não é esse o motivo sinistro de Satanás?

Depois de ler, ela comungou isso comigo: “O aparecimento de uma doença é uma batalha espiritual e também a provação de Satanás. Satanás sabe, hoje, que nós nos colocamos diante de Deus, por isso faz de tudo para nos perturbar e impedir que busquemos a verdade e adoremos a Deus. Seu propósito é nos fazer compreender mal a Deus, suspeitar Dele, perder a fé e traí-Lo. Precisamos confiar em Deus para ver através dos truques de Satanás. Vamos pensar em quando Jó enfrentou seus vários desastres. Ele perdeu todas as suas ovelhas e o gado, uma enorme quantidade, perdeu também toda a sua propriedade, e feridas apareceram em todo o seu corpo, mas ele não se queixou uma vez sequer sobre tudo isso. Ele era capaz de louvar o nome de Deus em qualquer circunstância, nas bençãos e no sofrimento. Isso porque ele acreditava que Deus governa sobre tudo. Ele não barganhava com Deus, e sua fé não fazia qualquer exigência. Ele louvaria e obedeceria a Deus, independente do que enfrentasse. Finalmente, sua fé foi um testemunho de Deus e Jó recebeu Suas bênçãos. Portanto, devemos também ter fé em Deus. Eu sei que está triste, mas você tem que ser forte agora. Quando você se sentir triste, ore a Deus e peça a Ele que lhe dê fé.”

Ouvindo a comunhão de minha mãe, entendi que Deus exigia que eu permanecesse firme no meu testemunho durante a doença e não perdesse minha fé Nele. A minha doença foi causada por Satanás, por isso eu deveria detesta-lo e abandoná-lo, em vez de reclamar e ferir a Deus. Por isso, orei a Deus silenciosamente em meu coração: “Ó, Deus Todo-Poderoso, devo ver através dos esquemas engenhosos de Satanás e não ficar do lado dele e reclamar de Ti. Dai-me fé.”Mais tarde, lembrei-me várias vezes dessa passagem das palavras de Deus: “A fé é como uma ponte de um tronco só de árvore, os que se grudam abjetamente à vida terão dificuldade para cruzá-la, mas os que estão prontos a se sacrificar podem atravessá-la sem preocupação. Se o homem tem pensamentos tímidos e temerosos, ele está sendo enganado por Satanás. Ele teme que nós cruzemos a ponte da fé para entrar em Deus”. Quase sem perceber, também comecei a ter uma pequena fé em Deus.

Para minha surpresa, depois que o médico trocou o remédio via oral e colocou-me para receber o medicamento na veia, minha febre cedeu. Apenas a tosse não estava completamente curada. No terceiro dia de tratamento venoso, minha febre já tinha quase acabado. No quarto dia, depois que o médico me examinou, ele disse: “Sua inflamação dos pulmões diminuiu e a chance de tuberculose foi descartada. Assim, desde que receba o tratamento venoso por mais sete dias, você receberá alta do hospital”Quando ouvi isso, fiquei muito feliz e continuei louvando a Deus em meu coração. Eu sabia que todos esses feitos maravilhosos eram de Deus. Graças a Deus.

Leia mais:
1-Experiência de fé: O Senhor é a minha força
2-Senhor me proteja: Despertando após uma lesão inesperada
3-Amor de Deus | Amor Inesquecível
4-Incapaz de nadar, ela sobreviveu após cair em um rio com 100 metros de largura
5-Como eu venci o demônio da doença depois que fui acometida por uma
6-Proteção de Deus: a recuperação milagrosa de um filho após ser “condenado à morte”
7-Experiência com Deus – Deus me levou a superar uma sucessão de tentações de Satanás

Comentários