3 razões pelas quais Jesus encarnado veio trabalhar

01/11/2019
7 minutos a ler

O Senhor Jesus pregou aos outros

Irmãos e irmãs das Perguntas e Respostas espirituais:

Saudações a todos! Eu tenho uma pergunta. Todos sabemos que, na Era da Lei, Deus trabalhou para guiar o homem através do Espírito. Se foi esse o caso, por que Deus foi encarnado para fazer a obra de redenção através da crucificação na Era da Graça? Qual é o mistério aqui? Vejo que muitas das confusões de nossos irmãos e irmãs foram resolvidas por meio dessa plataforma, então, por favor, comunique-se comigo sobre a minha pergunta.

Atenciosamente,

Mu Zhen

Resposta:

Graças ao Senhor. Há verdadeiramente um mistério no fato do Senhor Jesus tornar-se carne para fazer Sua obra, mas o que nós humanos podemos compreender é limitado demais. Recentemente, aprendemos um pouco sobre esse aspecto da verdade em um livro. Agora, gostaríamos de explorar esse tópico com você. Vamos discutir essa questão explorando os seguintes três pontos:

Em primeiro lugar, o Senhor Jesus tornou-se carne para redimir a humanidade

A partir dos registros bíblicos sabemos o seguinte: No final da Era da Lei, as pessoas haviam se tornado cada vez mais corruptas e eram incapazes de obedecer à lei. Todos estavam em constante perigo de ser condenados pela lei e sentenciados à morte por quebrá-la. Por amor à sobrevivência da humanidade, durante a Era da Graça, a primeira encarnação de Deus foi pregada à cruz como uma oferta pelo pecado, levando todos os pecados do homem. Tudo o que temos que fazer é orar a Deus, confessar e arrepender-nos quando cometemos pecados. Se o fizermos, Ele perdoará nossos pecados e dessa forma, podemos vir diante dEle e receber Suas bênçãos e orientação contínuas. Esses resultados são possíveis apenas pela obra do Deus encarnado. Deus é Espírito e não era possível que o Espírito de Deus fosse crucificado. Apenas se Deus se encarnasse como um homem, Ele poderia redimir a humanidade do pecado através de Sua crucificação. Essa foi a única forma pela qual o homem poderia receber Sua salvação. A partir disso, podemos ver que a encarnação do Senhor Jesus foi inteiramente por amor à redenção da humanidade. Assim como as palavras de Deus dizem: “Do mesmo modo, durante a primeira encarnação, somente a carne do Deus encarnado poderia redimir o homem através da Sua crucificação, ao passo que não haveria como o Espírito de Deus ser crucificado como oferta pelo pecado pelo homem. Deus poderia Se tornar carne diretamente para servir como oferta pelo pecado do homem, mas o homem não poderia ascender diretamente ao Céu para receber a oferta pelo pecado que Deus preparara para ele. Sendo assim, tudo o que é possível seria pedir a Deus que viajasse de um lado para o outro umas poucas vezes entre o Céu e a terra, não fazer o homem ascender ao Céu para tomar essa salvação, pois o homem havia caído e, além do mais, simplesmente não poderia ascender ao Céu, muito menos obter a oferta pelo pecado. Portanto, era necessário que Jesus viesse entre os homens e fizesse pessoalmente a obra que simplesmente não poderia ser realizada pelo homem.”

Em segundo lugar, o Senhor Jesus foi encarnado para fazer Sua obra a fim de permitir que o homem entendesse melhor a vontade de Deus e nos desse

Todos que já leram a Bíblia sabem que, através de Suas palavras, o Senhor Jesus encarnado expressou Suas exigências ao homem usando linguagem humana. Por exemplo, Ele usou muitas metáforas de forma que Seus seguidores pudessem entender Sua vontade mais diretamente. As palavras de Deus dizem: “A melhor coisa a respeito de Sua obra na carne é que Ele pode deixar palavras e exortações precisas, Sua vontade exata para a humanidade para aqueles que O seguem, de modo que, posteriormente, Seus seguidores possam transmitir de maneira mais precisa e concreta toda a Sua obra na carne e Sua vontade para toda a humanidade àqueles que aceitarem esse caminho. Somente a obra de Deus na carne no meio dos homens verdadeiramente cumpre o fato de Deus estar e viver junto com homem. Somente essa obra preenche o desejo do homem de contemplar o rosto de Deus, testemunhar a obra de Deus e ouvir a palavra pessoal de Deus.” A partir das palavras de Deus, podemos ver que quando Ele se torna carne para salvar a humanidade corrupta, pode usar nossa linguagem de humanos para expressar claramente Suas exigências, Sua vontade, Seu caráter e tudo o que Ele tem e é. Dessa forma, sem ter de andar à procura, podemos entender Sua vontade claramente, conhecer Suas exigências e saber a forma como devemos praticar. De maneira semelhante, também podemos ter um entendimento e conhecimento prático a respeito Dele. Durante o período em que o Senhor Jesus trabalhou em carne, Ele expressou o caminho em Suas palavras: “Arrependei-vos, porque é chegado o Reino dos céus”. Ele tinha todo tipo de exigência para o homem, como amar a Deus com todo o coração, com toda a alma, com todo o entendimento, com todas as forças, amar o próximo como a si mesmo, amar os inimigos e assim por diante. A seguinte anedota foi registrada na Bíblia. Quando o irmão de Pedro pecou contra ele, aquele não sabia quantas vezes ele deveria perdoar a seu irmão. Assim, ele perguntou ao Senhor Jesus sobre isso e o Senhor lhe deu uma resposta clara (veja Mateus 18:21-22). A partir disso podemos ver que a encarnação de Deus pode alimentar e apoiar o homem sempre e quando Ele vem, alimentando assim direta e de forma prática ao homem. Em contraste, a obra do Espírito não pode alcançar o mesmo efeito. Dessa forma, o Espírito deve tornar-se carne para que Deus possa falar conosco face a face. Consequentemente, podemos ouvir e entender as exigências de Deus e nos comportar adequadamente de acordo com o agrado de Deus.

Em terceiro lugar, o propósito da obra do Senhor Jesus era expor a humanidade e distinguir cada tipo de pessoa

A obra de Deus é real. Apenas através da encarnação do Senhor Jesus como homem comum, a corrupção da humanidade pôde ser completamente exposta. Essa é a única forma na qual os verdadeiros crentes, os falsos crentes e os fariseus hipócritas podem ser revelados. Quando o Senhor Jesus se tornou carne e veio fazer Sua obra, aqueles que buscaram a verdade, como Pedro, João, Mateus e Natanael, reconheceram que Ele era o Messias prometido. Eles reconheceram isso quando viram que as palavras e a obra do Senhor Jesus estavam cheias de autoridade e poder. Como resultado, eles seguiram ao Senhor Jesus e receberam Sua salvação. Em contraste, os judeus fariseus, apesar de ouvirem os sermões do Senhor Jesus, ainda não sabiam que as declarações dEle eram a voz de Deus. Pensaram que Ele era o filho do carpinteiro sem poder ou estatura. Assim, condenaram e resistiram a Ele descaradamente sem o mínimo temor. No final, eles cometeram o maior dos pecados, pregando o Senhor Jesus na cruz. O Senhor Jesus uma vez disse: “As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu as conheço, e elas me seguem” (João 10:27). A partir disso, vemos que qualquer um que crê sinceramente em Deus e tem fome da verdade, assim que ouve a voz de Deus, virá para a luz e retornará à presença de Deus. Enquanto todos aqueles que são arrogantes, que não conhecem a voz de Deus e que abandonam a palavra de Deus, serão revelados e eliminados.

Mu Zhen: Graças a Deus! Através de sua comunicação, entendo que o Senhor Jesus ao realizar Sua obra na carne tem um significado profundo que não pode ser substituído pela obra do Espírito. O Senhor Jesus na carne pôde interagir com o homem, falar com ele e fornecer-lhe a verdade e a vida de acordo com as dificuldades e necessidades práticas do povo. Assim, podemos entender as exigências de Deus de forma clara e agir de acordo com as palavras do Senhor Jesus a fim de estar de acordo com Deus. Enquanto isso, quando o Senhor Jesus foi encarnado para fazer Sua obra, expôs e eliminou todos os falsos crentes que comeram do pão e ficaram cheio dele, e que resistiram e condenaram a obra de Sua encarnação. Isso revela o caráter justo de Deus. Toda a glória seja a Deus!

Por Dong Fan


Recomendado para Você:

1-O que é Deus encarnado?

2-Por que a humanidade corrupta está mais necessitada da salvação de Deus encarnado?

3-Por que a vinda de Cristo tem que vir à carne novamente?

Veja Também:

Filme evangélico “Peguei o último trem” Trecho 4 – Os frutos alcançados pela obra de Deus encarnado

O Senhor Jesus profetizou que nos últimos dias o trigo deverá ser separado do joio, as ovelhas, dos bodes e os bons servos, dos maus servos. Você sabe como essas profecias se cumprem? Você gostaria de saber a maneira pela qual Deus faz a obra de separar cada um pela sua própria espécie nos últimos dias? Se você quiser uma compreensão mais detalhada, assista a este breve vídeo!

Agora são os últimos dias. Os desastres ocorrem com frequência e tornam-se cada vez maiores. Estes são os avisos e lembretes de Deus para a humanidade. Se você tiver quaisquer outras dúvidas ou quer saber mais sobre a volta do Senhor Jesus, como acolher o Senhor para ser arrebatado antes dos desastres, etc., sinta-se livre para clicar no botão a seguir para entrar em contato conosco. Se você quiser, pode se juntar ao nosso grupo de estudo.
Converse conosco no WhatsApp

Inscreva-se gratuitamente

Inscreva-se para receber o tema do evangelho da semana